Home Page

Biografia

Discografia

Loja

Contactos

 














 
BIOGRAFIA


Percurso académico

Pianista português, Rui Serodio ingressou muito cedo no Conservatório Nacional de Música de Lisboa, onde cursou Piano, Harmonia, Contraponto e Fuga, Órgão, Interpretação de Música Antiga e História da Música, tendo sido discípulo de Abreu e Motta, Varella Cid, Croner de Vasconcelos, Armando Fernandes, Santiago Kastner, Artur Santos, Armando Santiago, Maria Augusta Barbosa e Gertrud Mersyowsky. Dedicou-se ao estudo da literatura pianística dos Mestres Clássicos, Românticos e Impressionistas.  É-lhe atribuído o Prémio Eduardo Libório de História da Música em 1961.

Actividade como pianista

Dedicando particular atenção à execução de Música Portuguesa executada em Grande Piano, confere-lhe um estilo muito personalizado, obtendo um clima sonoro de características acentuadamente nacionais.  Notáveis as suas interpretações de fado, ao piano.
 
Discografia

A partir de 1996 dedica-se ao estilo Contemporary Improvised Instrumental Music, arranjos instrumentais e vocais e música para teatro.     Gravou em 1997 um CD com o título "Sintra" para a etiqueta Strauss Evolution, tendo como produtor José da Ponte e lançado oficialmente no Palácio Valenças, em Sintra, em Janeiro de 1998.

Editou em Setembro de 2001 o seu segundo CD com o título "Caminhos da Arrábida", para a editora JGC, de Jorge Calheiros, ideia original da Empresa SAL-Sistemas de Ar Livre, e oficialmente lançado no Salão da Aerset em Setúbal. Contém nove faixas instrumentais, de influências tradicionais portuguesas sendo o libreto da autoria de José Pedro Calheiros. Tendo site próprio www.caminhosdaarrabida.com deu origem a uma versão estrangeira com o título "Sounds of the Mountain".

Lançou em Dezembro de 2001 o seu primeiro CD a solo, em piano, totalmente improvisado e gravado nos Estúdios Xangri-lá, comemorativo do aniversário uma importante empresa portuguesa do ramo da electrónica e classificado como CD de prestígio.  A versão estrangeira deste CD tem o título "Insights".

Tem já pronto um novo CD com o título "A Mística do Piano", com temas originais interpretados em piano com arranjos orquestrais de sua autoria.  A versão estrangeira terá o título "The Mystic of the Piano".   

Música para teatro

Autor dos arranjos da banda sonora da peça "O Lixo e outras coisas lixadas" de Francisco Nicholson, representada pelo Teatro de Animação de Setúbal (Dez 1997).    Autor da banda sonora da peça "O Crime da Praça da Alegria", de Eugene Labiche, (Jul 2001) pelo TAS, em Setúbal.    Autor e pianista da peça "A Boda dos Pequenos Burgueses" de Bertold Brecht, (Mar 2002) pelo Teatro de Animação de Setúbal.   Autor da música da peça "Os Cómicos vem Aí" de Manuel Gírio para o Teatro Independente de Oeiras estreado (Nov 2002) no Auditório Eunice Muñoz, em Oeiras.   Autor da música da peça "A Orquestra" de Jean Ahnouil representada pelo TAS (Mar 2003).   Autor e intérprete da banda sonora da peça "Os Anjos não Morrem" levada a cena pelo TAS (Dez 2008), com encenação de Célia David a partir de Bertold Brecht e Paul Strand.   Arranjos musicais e interpretação a partir de Kurt Weil.    Autor da música da peça "Antes de Começar" de Eugène Ionescu, representada pelo TAS (Mar 2009).

Integração na Poesia Portuguesa 

Autor e intérprete da música do CD de Poesia de Bocage, dita por Carlos César e Célia David, editado pela LASA em 1997.  Participa, com Luis Pedro Fonseca e Bernardo Sassetti, com improvisos ao piano integrados na banda sonora do CD de poesia de Miguel Barbosa, dita por Luis Machado, Irene Cruz e Sofia Sá da Bandeira, e com o título "Palavras que falam de Amor", lançado na Casa Fernando Pessoa em Novembro de 2001.    Autor da música do CD "Coimbra na Outra Margem da Lembrança", em parceria com Luis Machado, lançado em Coimbra, na Casa da Cultura e em Lisboa no Café Martinho da Arcada em Fevereiro de 2004.    Autor e intérprete da música do CD "Perscrutando a Inquietude" com 40 sonetos de Bocage ditos por José Luis Nobre, editado pelo Centro de Estudos Bocageanos em Outubro de 2007.   Participa regularmente como pianista em sessões de poesia  e lançamento de livros.   Assim, actuou em programas de poesia no Hotel Avenida Palace em Lisboa, Quinta das Lágrimas em Coimbra, Feira do Livro de Lisboa, Palácio Sotto Mayor na Figueira da Foz, Palácio Valenças em Sintra, Grandes Armazéns do Chiado, Casa Fernando Pessoa, Grémio Literário, Mosteiro dos Jerónimos, Ordem dos Médicos em Coimbra, Mosteiro de Albobaça, Clube Setubalense e Salão Nobre da Câmara de Setúbal, entre outros.


Sites importantes:

www.cm-sintra.pt

www.tas.pt

www.spautores.pt

www.sal.pt




© 2006-2008 Rui Serodio. Todos os direitos reservados.
Resolução 1024 pixels